segunda-feira, 23 de maio de 2016

Magnífica vegetação


"[...]. A estrada seguia entre montanhas, cuja magnífica vegetação despertava grande admiração; plantações de mandioca, canas-de-açúcar, laranjeiras, cercando as casas de arvoredos, alternava com pequenos brejos. Espessas touças de bananeiras, mamoeiros, altos e esbeltos coqueiros adornavam as habitações esparsas, enquanto várias e policrômicas flores desabrochavam sob as moitas baixas; entre outras a Erythrina vermelho-escarlate, com suas longas e tubulosas flores, [...]. No meio desses arbustos se erguiam o Cactus, a Agave foetida, e soberbas touceiras de um caniço de folhas em leque. A Canna indica Linn. de lindas flores vermelhas, cresce à margem da estrada, às vezes até dez ou doze pés de altura; mas o forasteiro ainda mais se surpreende com a Bougaivillea brasileinsis, arbusto de um admirável colorido vermelho suave. Não são, porém, as flores e, sim, as grandes brácteas que as revestem, que produzem esse magnífico efeito". Maximiliano, príncipe de Wied-Neuwied (1782-1867). Viagem ao Brasil. 2. ed. 1958, p. 37-38.
 
 
 
 
Canna indica.
wikiwand.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário