domingo, 3 de janeiro de 2016

As folhas da Paxiúba


"Três dos meus homens logo se puseram a construir duas cabanas para nós, cobrindo uma com folhas de açaí, outra com folhas de paxiúba. Ao lado de cada uma foram escolhidas duas árvores situadas numa distância conveniente para pendurar redes. Para sustentar os tetos foram amarradas umas varas entre as árvores, de modo a formar triângulos. As cabanas acabaram de ser construídas justamente quando a chuva, cujo fragor já se escutava à distância fazia algum tempo, começou a cair, continuando até depois da meia noite. [...]". Richard Spruce (1817-1893). Notas de um botânico na Amazônia. 2006, p. 220.
 
 
 
Paxiuba (Iriartea exorrhiza)
C. Fr. von Martius. Historia Naturalis Palmarum (1823-1850)


Nenhum comentário:

Postar um comentário