segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Viajantes: Garças.



"Através das rajadas da chuva que caía, mal podíamos ver a estrada. Cessado o aguaceiro depois de termos andado uma meia légua, o sol se mostrou por entre nuvens de chumbo. Súbito, banhado pelos raios de luz, apareceu um bando de lindas garças, que, com forte e gracioso bater de asas, apressaram o voo - a plumagem branca reverberando ao sol - e cruzaram o espaço, desaparecendo além, na linha brumosa do horizonte". Theodore Roosevelt (1858-1919). Nas selvas do Brasil. 2010, p. 123.
 
Garças.
Álbum das aves amazônicas. Desenho de Ernst Lohse. 1900-1906.
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário