terça-feira, 9 de julho de 2013

Surucuá

"No dia seguinte quase não choveu. A viagem foi esplêndida e vagarosa, descendo aquele belo rio tropical. Até a metade da tarde a correnteza não estava muito forte e a vasta, profunda e plácida massa d´água se estendia em curvas para todas as direções, embora o curso normal se dirigisse para o nordeste A região era plana e a maior parte do terreno estava debaixo d´água. Continuadamente atravessamos grandes extensões de mato submerso, onde a água lambia os troncos das árvores. De uma feita, passamos por uma colina. Vimos periquitos de belíssimas cores e lindos surucuás...". (Theodore Roosevelt. (1858-1919). Nas selvas do Brasil. 1976, p. 165).


Surucuás
Ilustração de J. Th. Descourtilz  (1796-1855)
 
 
 
SURUCUÁ - Nome popular dado às espécies  Trogon e Pharomachrus, da família dos Trogonídeos, com várias espécies conhecidas na região amazônica: surucuá-de-barriga-amarela, surucuá-de-barriga-vermelha, surucuá-de-cauda-preta, entre outras. ETIMOLOGIA: Para Rodolpho Garcia em Nomes de Aves em Línguas Tupi. Boletim do Museu Nacional, v. 5, n. 3. 1929, o termo significa "aquele que escapa ligeiro".


2 comentários:

  1. Acho que o significado do termo deveria aparecer logo após ETIMOLOGIA e não no final.
    Parabéns pelo belo trabalho!
    Beijos,
    Leila

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Leila, pelo seu comentário. Você tem razão, nos próximos farei isso. Beijos, Olímpia.

    ResponderExcluir