quarta-feira, 8 de abril de 2015

Heliconias à margem do Uaupés


"[...]. Na medida em que minha viagem prosseguia, a região tornava-se mais bonita - florestas, florestas e mais florestas, alternando-se vez por outra com o cerrado, e escarpas de pedras vermelhas, com muralhas bem escoradas desde os tempos pré-históricos. Rios largos ziguezagueavam pela selva sem fim, com o sol transformando suas águas em ouro líquido.
Partindo de Manaus, fiz diversas visitas à reserva Ducke, uma bela área florestal batizada em homenagem ao botânico brasileiro Adolpho Ducke.
Pintei de forma entusiástica, já que havia muito material, tanto na reserva quanto nos seus arredores: Heliconia acuminata, com brácteas amarelo-pálido, em uma grande colônia sob as árvores da floresta; Streptocalyx longifolius, cujas flores são polinizadas pelos morcegos à noite; Streptocalyx poeppigii, com suas longas inflorescências vermelhas e roxas; todas essas plantas maravilhosas e muitas outras". Margaret Mee ( 1909-1988). Flores da floresta amazônica. 2010, p. 33.
 
 
 
Heliconia acuminata.
 Ilustração de Margaret Mee (1909-1988).
Flores da floresta amazônica. 2010.


Nenhum comentário:

Postar um comentário