domingo, 14 de setembro de 2014

Viajantes: A soberba bananeira!


"[...]. A soberba bananeira (Musa paradisíaca), a qual, conforme diziam todos os livros a respeito, constituía um dos maiores encantos da vegetação tropical, crescia ali com grande viço, suas verdes e luzidias folhas de doze pés de comprimento debruçando-se sobre o telhado das varandas, nos fundos de todas as casas. O formato de suas folhas, os variados matizes de verde que eles exibem quando levemente agitadas pela brisa e principalmente o contraste que sua forma e cores apresentam, comparadas às tonalidades mais sombrias e aos contornos mais arredondados das outras árvores, bastam para justificar o encanto que tem essa maravilhosa planta. [...]". Henry Walter Bates (1825-1892). Um naturalista no rio Amazonas. 1979, p. 13.
 
 
Bananeira
Ilustração de J. Th. Descourtilz


2 comentários: