terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Viajantes: Palmeira Jacitara


"[...]. Há mesmo um gênero de palmeiras trepadeiras (Desmoncus), cujas espécies são conhecidas em língua tupi por jacitara. Apresentam elas hastes muito espinhosas, flexuosas, que se estendem de uma árvore a outra, pelo alto e alcançam um tamanho incrível. As folhas que têm a forma característica da família, surgem com longos intervalos em vez de formar a densa coroa apical, e são providas de certo número de longos espinhos recurvos apicais. Tais órgãos são excelentes auxiliares que permitem à jacitara agarrar-se em sua ascensão mas são muito incômodos para o viajante, pois às vezes pendem sobre a estrada e se prendem às roupas e ao chapéu, arrancando este último ou rasgando aquelas. [...]". Henry Walter Bates (1825-1892). O naturalista no rio Amazonas. 1944, v. 1, p. 78-79.
 
 
 
Desmoncus sp.
C. Fr. von Martius. Historia Naturalis Palmarum (1823-1850). 


Nenhum comentário:

Postar um comentário