terça-feira, 24 de junho de 2014

Viajantes: O tagarela Bem-te-vi!


"Entre os pássaros úteis, devoradores de toda casta de bichos daninhos, formigas, lagartas, vermes, larvas, aranhas e besouros, ocupa lugar de destaque o nosso grande amigo e tão barulhento quanto conhecido bem-te-vi [...]. Esta bela e irrequieta ave, é a verdadeira alegria da moradia nos campos, pois a sua voz sonora e engraçada retumba constantemente como uma gargalhada através dos vales e colinas, e quase sempre à volta das habitações humanas.
No norte do nosso país são tão sociáveis que sua irrefreável atividade se exerce nas próprias cidades e vem fazer as suas turbulentas reuniões nos telhados das casas e nas árvores das praças públicas.
[...]. De índole alegre e turbulenta; em tudo encontra motivo para fazer grande algazarra, batendo as asas e soltando repetidas vezes o seu canto claro e forte: Bem-te-vi, Bem-te-vi.
Este seu grito tão esquisito é efetivamente original e não há pássaro tão conhecido no país e no estrangeiro como nosso querido  Bem-te-vi.
Dizemos no estrangeiro muito de propósito, pois são os estrangeiros os que mais ficam impressionados quando vêm e ouvem pela primeira vez o Bem-te-vi, e naturalmente hão de relatar lá fora os feitos do simpático bichinho que lhes surpreendem tão agradavelmente." R. von Ihering (1883-1939). As aves úteis: o tagarela Bem-te-vi. Chácaras e Quintaes, v. 19, n. 3, mar. 1919. p. 194.
 
 
 
Bem-te-vi.
Rodolpho von Ihering. O livrinho das aves. 1914.


Nenhum comentário:

Postar um comentário