segunda-feira, 11 de maio de 2015

Bem-te-vi - o pássaro mais popular!


"Conhecem-se sob esta denominação várias espécies de pássaros da família dos Tiranídeos e de gêneros diversos, mas a espécie mais popular é o Pitangus sulphuratus L. e suas subespécies.
Pássaro de tamanho pequeno, pouco menor que o sabiá, não passando sua asa de 11,8 cm e a cauda 9,2. Seu bico é assaz grande em relação ao seu porte, pois mede 3 cm.
É pardo oliváceo na parte superior, asas e caudas marginadas de vermelho, cabeça preta com mancha amarela no vértice, as sobrancelhas, que se prolongam numa fita nucal, e a garganta, brancas; peito e abdômen amarelos.
São estes os bem-te-vis, com quem já na infância travamos conhecimento, garrulas e inquietas criaturinhas que monopolizam logo, ao primeiro contato, a admiração dos amantes da natureza.
O Príncipe Maximiliano de Wied, em 1826, escrevia: "É ave inquieta, vivaz, curiosa e bulhenta, assim persegue a fêmea ciosamente a gritos e por sua causa trava, a miúdo, luta com seus rivais. Na época dos amores, principalmente, ouve-se, por toda a parte, a sua voz clara e sonora tic-tivi, tic-tivi, tic-tivi".
Este tic-tivi, que é realmente a fonografia mais nítida do seu canto, soa aos ouvidos de nós outros, como se fosse a soletração escandida da frase bem-te-vi, com que ficou conhecido popularmente. Entre os indígenas parece que era conhecido pelo nome de pitanguá ou pitauá.
É o bem-te-vi um boêmio alegre rixento, batalhador, mas simpático pela sua alacridade.
Entre os amigos do seu bando, porque vivem em pequenos grupos, mostrava-se afetuoso e festeiro. Recebe sempre o camarada com alvoroço, batendo as asas e arrumando as penas do seu topete, o que lhe engrandece o aspecto de brigão indisciplinado.
Nestes grupos sempre voejantes, que disparam em brincadeiras infindas de árvore para árvore, gastam dias inteiros musicados pelos incessantes gritos de bem-te-vi.
Para que não fique rouco de tanto gritar, escreve Goeldi, aparelhou-o a alma mater, dentre toda sua parentela, de músculos fortíssimos na garganta. [...].
Os bem-te-vis, afora os encantos pessoais são pássaros utilíssimos à agricultura, a que prestam serviços notáveis, estruindo um mundo de insetos. [...]." FAUNA, a. 2, n. 6, jun. 1943, p. 19.
 
 
Tesouras -Bentevís - Maria-é-dia - Bentevis-miúdos
Álbum de aves amazônicas 1900-1906.
Ilustração de Ernst Lohse. (1873-1930)


Nenhum comentário:

Postar um comentário